Vinhos brasileiros estreiam na New York Wine Expo


Os vinhos brasileiros fazem a sua estreia na New York Wine Expo, em Nova York, nos Estados Unidos, que ocorre entre esta sexta-feira e domingo. Três empresas - Casa Valduga, Lidio Carraro e Miolo - participam pela primeira vez desta feira, aberta ao consumidor norte-americano, que tem a oportunidade de conhecer e degustar vinhos de diversos países e produtores.
A presença do Brasil no evento é uma iniciativa do projeto Wines from Brazil, realizado pelo Ibravin (Instituto Brasileiro do Vinho) e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), com o objetivo de posicionar o vinho brasileiro no mercado internacional.
- Este é o começo de uma série de promoções institucionais e comerciais que iremos fazer no mercado norte-americano este ano, com o objetivo de aumentar o conhecimento dos produtos brasileiros neste que é o segundo país importador de vinhos no mundo - afirma a gerente de Promoção Comercial do Wines From Brazil, Andreia Gentilini Milan.
A ação conta com o planejamento e acompanhamento da recém-contratada representante dos vinhos brasileiros em Nova York: a consultora argentina Nora Favelukes, presidente da QW Wine Experts, radicada há mais de 20 anos nos EUA. Andreia destaca que os Estados Unidos é o país mais representativo para a exportação de vinho brasileiro, tendo registrado a importação de vinhos de 22 empresas verde-amarelas.
O segundo colocado, a Alemanha, adquiriu vinhos de 13 empresas brasileiras. Os norte-americanos compraram R$ 1,9 milhão em vinhos brasileiros nos últimos quatro anos. Em cinco anos o mercado americano será o maior mercado consumidor de vinhos no mundo.
- É um grande mercado, cuja produção interna representa 70% do vinho consumido pelo norte-americano, mas com 30% de vinhos importados, o que é um volume gigantesco. Só com esse volume, eles são hoje o terceiro maior importador de vinhos do mundo - acrescenta.

.