Como uma luva, para o momento certo!




Este Português do Douro caiu como uma luva para harmonizar com uma galinhada goiana! Mas, e, sempre existe um mas... É bem forte para ocasiões que pedem um vinho mais constante "flat", e para os não iniciados em vinhos europeus...

Porquê as ressalvas? Bem, o Foral como muitos europeus, não é constante do início ao fim. Aqueles, apresentam particularidades diferentes a cada momento da degustação (bem diferente dos Chilenos básicos). Este, por exemplo, inicia com um buquê simples (quase inexpressivo de flores), depois apresenta tons delicados de madeira e frutas escuras, mas depois... Os taninos se apresentam com força, convidando uma carne mais forte e temperada, ou no meu caso, uma galinhada à moda goiana, bem temperada.

De modo geral, uma ótima experiência por apenas R$ 20,00 a garrafa. 13% de álcool, produzido na região do Douro com as uvas Tinta Roriz(40%), Touriga Franca (30%) e Tinta Barroca (30%). Tradicionalmente Portuguesas. Vale cada trago!

Uma observação: alguém sente falta de receitas dos pratos e fotos quando harmonizamos?


- Posted using BlogPress from my iPad
.