Barris usados na produção de Champagne



A Bollinger, uma das grandes casas de Champagne, passou a utilizar barris de carvalho usados, com mais de 20 anos, para a fermentação de toda a linha de seus champagnes, argumentando que são melhores para as trocas de ar do líquido com o ambiente externo, o que incentiva a oxidação de elementos indesejáveis na composição dos espumantes.

O chef de cave da vinícola, Mathieu Kauffman, afirma que "a fermentação ocorrida em barris de carvalho antigos  pode extrair as características da madeira, porém em menor quantidade, o que é extremamente importante para a elaboração dos champagnes da vinícola."

Este procedimento contraria completamente as afirmações de que um barril de carvalho após cinco ou seis anos de uso perde totalmente sua capacidade de imprimir sabor ao vinho armazenado nele.

Fonte: CBN
.