YouTube Video

Primeira cerveja caseira feita pela equipe da Bebideria, nesta Pale, Handerson e Gustavo conseguiram obter uma cerveja de corpo sedoso, pouco fundo de grãos e leve lúpulo.

Se está à venda? Ainda não, mas confiram a grande espuma de nossa cerveja ainda sem nome definitivo...



Gostaríamos de saber se nossos leitores gostariam lojas da Bebideria para degustarem nossas cervejas, bons vinhos e compartilharem seus causos...


YouTube Video

Aqui segue o vídeo da primeira impressão de nossa Pale - "o bicho".

Bom fim de semana, e táxi depois dos tragos!

- Posted using BlogPress from my iPhone

Nada como uma sexta de queijos e vinhos. Nesta linha, resolvi investir nos  italianos. Salame, queijo e vinho também. Busquei um da região de Salento e não me arrependi.

Serre, Cantine due Palme, Rosso 2010.

Um vinho encorpado desde o começo. Garrafa pesada, rótulo espartano, de presença.

No nariz, bem vegetal e fresco. O álcool demorou a evaporar e se confundiu. Neste momento, na boca, muito apimentado e ácido. E muito álcool.

Deixei-o respirar por mais ou menos 45 minutos e virou outro vinho.Personalidade o resume bem.

Equilibrado, nada tânico, com aromas de pimentão e amêndoas. Levemente oleoso e notas de salgadas ao final, azeitona.

Interessante e de certa complexidade. Acredito que se acompanhado por um prato a base de carne, com mais especiarias, tenderia a sobressair mais e ser melhor explorado, apesar do salame italiano.

Boa experiência com a uva Sussumaniello.

Uma boa pedida.
R$ 69,90 na Super Adega.

Boa semana e bons vinhos.




Abrindo os trabalhos de sexta! Um galeto recheado com vinho tinto francês.

Corte uma cebola ao meio, picote em cubos e faça o mesmo com o tomate - só um porque está caro demais. Faça desta mistura o recheio do galeto. Costure, salgue com tempero alho-sal, limão, pimenta moída (preta, branca e árabe) e toque tudo no forno médio. Depois suba o fogo quando dourar levemente... Vire os galetos, regue com o molho... E depois para acelerar remova o molho que fica na travessa... Haaa, adicione orégano nessa virada!

Enquanto isso...



... Abra um vinho de sua preferência, no nosso caso um corte Francês da região do Rhône - Masson Dubois. E aproveite o fim de semana!

- Posted using BlogPress from my iPhone

Ontem foi dia de mandar um nhoque no capricho. E para nos ajudar nesta dificil tarefa, contamos com o casal de amigos Dani e Mick.

Para ajudar a manter o alto nivel da comida, entramos com dois vinhos de excelente origem. O argentino Don Nicanor 2010 e o italiano Seccal 2008.

Foi uma noite agradavel e cheia de boas enodescobertas.

O novo mundo tem me agradado muito ultimamente e tenho investido neles ultimamente. O Daniel trouxe o Seccal, ja que tem andado por aquelas bandas ultimamente.

Vamos aos vinhos. O Don Nicanor foi uma grande surpresa. Um vinho diferente dos vinhamos degustando. Bem apimentado, contrastado com baunilha e coco. Bem potente e tânico. Bem interessante mesmo.

Porem, a Toscana nos presenteou com um magnifico exemplar. Com o frete do Daniel é claro heheheh. Equilibrado, longo, frutado. Um espetaculo que elevou ainda mais nosso jantar.

Boa semana e bons vinhos.




Um Rosé muito agradável e leve. Este Chileno do Vale Aconcagua é um toque especial para acompanhar o "último" dia de expediente.

E como não podia deixar de ser, iniciamos o expediente do fim de semana com ele mesmo, como diria minha esposa é um vinho "facinho", que vai acompanhar coxas de frango ao tempero de laranja, alecrim e Vinagre Balsâmico de Módena, e um arroz 5 grãos com azeitonas verdes, pretas com castanha de caju...

Preço: R$ 19,90
Teor de álcool: 13%
Uvas: corte de mesa (todas da região)

A todos um bom expediente de fim de semana!


- Posted using BlogPress from my iPhone



A picanha nossa de toda quinta está tão cara que proteções tecnológicas são necessárias!

Acompanhando um Casa Patronales Carmenere.

- Posted using BlogPress from my iPhone

Location:Floripa Shopping

Simplismente uma decepção.

Three Steps Cabernet Sauvignon 2008.

A tempos estava querendo iniciar nos australianos e, infelizmente, foi com o pé esquerdo. Pouco aromático, na boca muito leve, sem adstringência e doce. Um vinho de preço médio, 50,00, numa faixa onde vários se destacam e este foi um fiasco.

Não gostei e não recomendo.




Nos últimos tempos diversos Portugueses têm visitado nossa mesa, mas particularmente poucos Brancos e Verdes...

Este Casal Mendes foi um dos que mais nos chamou atenção: sutil e refrescante. Ideal para abrir os trabalhos do fim de semana. Por apenas R$ 20,00 a garrafa traz a tradição da região "verde" de Portugal.

- Posted using BlogPress from my iPhone



Incrível vinho de mesa tinto Portugues. Robusto, sem muita madeira e com toques de frutas vermelhas.






Com 14% de teor alcóolico, o que é bem forte para um Portugues desta categoria de R$ 25,00, ele traz as uvas Tinta Roriz, Touriga Francesa e Tinta Barroca - um tradicional corte daquele país.

Recomendo pelo preço, qualidade e experiência.

- Posted using BlogPress from my iPhone