Sucre Carmenère Reserva 2009

Finalizando a semana um chileno inusitado. Sucre Carmenère Reserva 2009.

Inusitado porque já havia pasado por ele nas prateleiras algumas vezes e, certo dia, só tinha foco nele. Além disso, não sou muito fã da uva carmenère.

No copo, denso e oleoso.
No nariz, notas de vegetais frescos, couro e carvalho tostado.

Na boca, redondo e curto, pouco adstringente. Mineral, com alcool equilibrado, levemente salgado.

Para mim um surpresa e a necessidade de rever os carmenères.

Bom fim de semana e bons vinhos.

.