Vinho Regional Alantejano 2008



Que coisa triste - um vinho super tradicional esquecido por alguém lá em casa. Sem dono, sem documento resta ao mesmo ser desfrutado por minha pessoa.

Ao ser servido este Alantejano apresenta cor rubi escura, grande sedosidade (afinal tem 14% de TA), e buque alarmante de vinhos Portugueses (acho que do Carvalho e mosto de uvas da região), e finalmente na boca pronuncia-se o sabor de frutas vermelhas. Um espetáculo.



O Altas Quintas "Crescendo" safra 2008, alega ser cultivado em altitude de 600 metros na serra de S. Mamede (dica para quem procura turismo etílico). Tem em sua composição grande maioria da uva Aragonez e pequenas quantidade de Trincadeira e Alicante Bouschet (nunca ouvi falar) que descansaram por  12 meses em barris de Carvalho Francês.

O preço eu não sei, ou esqueceram lá em casa, ou comprei e o esqueci. De todo modo, se alguém se sentir traído me avise que ofereço uma degustação de outro vinho Português desta categoria.

Fotos: Fujifilm XE1, 35mm f1.4, longa exposição.
.