Vinho tinto pode ajudar a combater cáries



Cientistas descobriram que vinho tinto faz bem para os dentes.De acordo com uma pesquisa publicada no Journal of Agricultural and Food Chemistry, a bebida contém elementos antimicrobioanos que ajudam a matar bactérias em testes simulados em laboratório. O mesmo efeito foi observado no extrato de semente de uva. Tomar uma dose de óleo de semente de uva, no entanto, é muito menos apetitoso. Cáries, gengivite e perda de dentes são causadas pelo acúmulo de bactéria na boca. Juntas, elas formam biofilmes – comunidades de bactérias que viram placa, produzem ácido e são difíceis de eliminar. Pesquisas anteriores sugerem que os polifenóis podem enfraquecer o crescimento bacteriano.
   (Foto: Wikimedia Commons)

Para testar a teoria em condições realistas, cientistas suíços e espanhóis cultivaram bactérias similares às presentes na boca, e mergulharam os biofilmes em líquidos diferentes, como vinho tinto, vinho tinto sem álcool, vinho tinto enriquecido com extrato de semente de uva, água e etanol 12%. De todos os diferentes líquidos, os três tipos de vinho tinto foram os mais eficazes em eliminar a bactéria. 

Os pesquisadores dizem que suas descobertas podem ser usadas para enfatizar os poderes contra cáries do vinho tinto, incorporando-o em produtos como enxagues bucais e pastas de dentes. No entanto, antes de entornar sua terceira taça de Cabernet, lembre-se que o vinho tinto também é conhecido por manchar os dentes. 

Para evitar manchas, os especialistas do site Winefolly.com dão dicas, como beber água com gás e comer alimentos ricos em fibras para soltar e esfregar o vinho antes que manche, além de evitar vinho branco ácido, que age como lixa e remove o esmalte protetor dos dentes. Ou, como se alguém precisasse de uma desculpa para isso, consuma vinho tinto acompanhado de queijos duros ricos em cálcio, que agem como verniz e cera para os dentes.

Fonte: Galileu

.