Oktoberfest 2014 - O esquenta


Começando os trabalhos com almoço no restaurante Gutes Essen bem próximo aos pavilhões da PROEB em Blumenau. O melhor é forrar o estômago pois mais tarde todos os Chopps deverão ser testados.

Neste restaurante, que fica na em Blumenau na Rua Marechal Deodoro, 202, telefone +55-47-3329-0691, são servidos pratos tradicionais da região (Alemãos) e Brasileiros. Portanto é uma boa pedida para quem ainda não provou, e também para quem é apreciador voraz como eu. 

Dica: O recheio do Marreco é praticamente melhor que o Marreco.


Chegando na Oktoberfest em Blumenau temos de tirar uma foto de turista para entrar no clima. Afinal, já eram quase 3:30 e ainda estávamos bem sóbrios, diferentemente de todos que lá já embalavam as canções típicas!

Dica: quando ouvir "Tic tac tic tac" grite junto "hoi hoi hoi", erga o caneco e beba. Saúde.


Nesta edição da Oktoberfest, a qualidade e os preços estavam realmente convidativos. As principais cervejarias da região e Brasil capricharam no visual dos quiosques e variedade de cervejas. Em outras edições, como por exemplo 1998, o preço era bem melhor, mas no mercado só existiam Skol e Brahma Chopp.


Especial destaque em minha opinião para a American Red Ale da Bierland, com gosto muito forte de Lúpulo (quase uma IPA) e bem forte. Este era o mais caro e saia 400ml de Chopp por R$ 8,00. 



Os chopps Eisenbahn estavam quase todos lá, mas pessoalmente achei que estavam meio "aguados". Pode parecer estranho, mas foi a percepção. E fechando a respeito desta cervejaria, os sabores que não estavam em chopp, estavam em garrafa, portanto, tudo lá!



A AMBEV me deixou de boca aberta. Primeiro o atendimento, perguntei quais tinham e o senhor lá me deu quase uma aula - óbvio que ouvi tudo - mas no final perguntei das minhas preferidas: Weiss, Confraria e Bohemia Escura. Na primeira rodada fui na Confraria, posteriormente perguntei sobre a Bohemia Imperial pois nunca havia visto no supermercado, apenas a Bohemia que todos conhecemos. Resultado: que baita cerveja com sabor de malte. Muito superior aquela Bohemia meio boca de garrafinha... Aproveitem.


Agora a festa já estava embalando...  Uns 4 chopps no organismo e a música típica já empolgava. Infelizmente o teor alcoólico e atenção às fotografias me impediram de anotar, ou decorar que banda era esta... Mas fica aqui o link para a programação daquela horário "estimado" - umas 15:30...


Impressionante os metais desta big band, e inclusive a cantora principal que intercalava com os metais...


Esta banda veio direto da Alemanha, só sei disto. Já havia encontrado algumas destas figuras durante a Copa lá mesmo em Blumenau antes de um jogo decisivo daqueles - não foi contra o Brasil - e torci pela Alemanha a partir da surra que levamos.


Não jogue uma pedra, jogue um chopp.


Voz e metais cantando tanto músicas folclóricas Alemãs como sucessos internacionais em ritmo Alemão.


 Este aqui saiu do filme do Harry Potter...


Esse tio só falava Alemão com o pessoal da plateia que ia lá brincar com ele a todo instante...  Eu não fui.

Aqui uma vista mais ampla da big band Alemã. Quem nunca ouviu, pegue um chopp, outro, depois siga em frente até o quarto. Daí "prosit", tais preparado.


To be continued...

.