Britânica Vencida. E Agora?

Qual foto vocês preferem? Esta...

Uma Golden Ale genuína, de berço.


A Britânica Gold da Beer Factory traz amargor na medida, exatamente como esperado para cervejas daquelas bandas da Rainha. Traz espuma muito persistente e branca de bolhas pequeninas e muito espessa. Finalmente, a puxada cítrica do lúpulo e puro malte amarguinho fazem total alusão aquela Bandeira. Vale cada gota, tcheers!

...ou preferem esta?

Ponto de atenção: a data de validade. Estava vencida, deveria ser consumida até Janeiro de 2015. No entanto, apreciei semana passada (Abril) e "não deu nada", pelo contrário, deu foi bastante alegria que esta loira não se foi. Ressalto que existe um grande mito e medo acerca da validade de bebidas alcóolicas, afinal, o álcool "matará" ou porventura não deixará que bactérias se proliferem no líquido. No máximo o que ocorrerá, é claro que sem contato com o mundo externo, é uma transformação dos açúcares, proteínas e carboidratos sob uma segunda fermentação em outra coisa como uma cerveja mais forte, vinho mais forte (ou até vinagre), ou mesmo em algo "imbebível", como diria nosso querido ex-Ministro Antônio Magri.

Experiência: aqui na Bebideria mas já produzimos nossa cerveja caseira estilo Belgian Blond Ale, e mesmo sem pausterizar guardamos amostras por mais de 1 ano após o prazo de validade... E não "deu nada", estava muito bem obrigado.







.