Duelo entre brasileira e belga

Este final de semana foi interessante. 


Aproveitando o calor "amarguento" que está fazendo aqui no cerrado, não pude deixar de partir para um belo desafio de origens. 

Coloquei para degladiar duas belas cervas enviadas este mês pelo meu clube de cerveja, o Beer King, sendo elas a brasileira Lohn Pilsen e a belga Saison Dupont Biologique.



Comecei pela tupiniquim e não me arrependi. Apesar de ser um pouco resistente com as Pilsens, a Lohn me surpreendeu. 

Uma cerveja equilibrada e cremosa. Com coloração amarela intensa, possui espuma bem consistente e boa carbonatação. Na boca é extramente correta, equilibrando o malte, lúpulo e álcool, com muita refrescância e persistência. Desceu muito fácil.
Já pelos lados europeus, estava esperando muito da Saison Dupont Biologique, por ser a praia que curto mais, rústica, principalmente por ser não filtrada. Já ao abrir e colocar no copo, os aromas se anunciam, principalmente o de pão. Possui espuma consistente e espessa. Com toques cítricos, laranja principalmente, na boca ela é untuosa e levemente adocicada. Bem encorpada e turva, esta belga foi mais dura no paladar, na minha opinião.

Não comi nada para acompanhá-las, já que a sede falava mais alto. 
Gostei de ambas, porém a que mais me agradou foi a Pilsen, mas indico a duas, pois vale a experiência. Basta acessar BeerKing e pedir.

Abraços e boa semana!



.