Exportação de vinhos finos quadruplica de janeiro a abril

A exportação de vinhos finos brasileiros aumentou quatro vezes na comparação do acumulado dos primeiros quatro meses do ano com o mesmo período no ano passado. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (23/5) pelo Wines of Brasil, programa de promoção do produto nacional realizado pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações (Apex).

As vendas externas geraram um faturamento de US$ 5,75 milhões, 4,5 vezes a mais que no período de janeiro a abril de 2013 e 6,6% a mais que em todo o ano passado. O volume embarcado foi de 1,4 milhão de litros, um crescimento de 292,3% em relação ao primeiro quadrimestre de 2013.

Na avaliação do Wines of Brasil, a realização de grandes eventos, como a Copa do Mundo, atraiu a atenção do mercado internacional para o produto brasileiro. O resultado foi impulsionado, principalmente, pelas vendas a grandes redes varejistas no Japão e países da Europa.

“No ano passado, estas empresas visitaram o Brasil, conheceram de perto a produção vitivinícola brasileira e começaram a fechar os contratos”, disse a gerente do Wines of Brasil, Roberta Baggio pereira, de acordo com comunicado oficial.

O número de países compradores passou de 26 para 33 comparando o período de janeiro a abril de 2014 com o mesmo intervalo no ano passado. O Reino Unido liderou a lista dos principais destinos, seguido por Bélgica, Alemanha e Holanda.

O Wines of Brasil registrou também valorização de 21% do vinho fino brasileiro exportado. Nos primeiros quatro meses deste ano, o preço médio foi de US$ 4,02 por garrafa. No período de janeiro a abril de 2013, foi de US$ 3,32.

Fonte: Globo Rural
.